terça-feira, 3 de julho de 2012

Glub Glub Glub

Nunca vai dar certo. Parece um pouco trágico, mas é a verdade. Você vai nadar, nadar e, mais cedo ou mais tarde, vai morrer na praia. Nem por isso é ruim, diz-se por aí que felicidade é percorrer o caminho, e não chegar ao destino. Então, sempre que possível, basta esquecer o detalhe da praia e continuar a nadar, como faria a Dory. De vez em quando, deixe-se afogar. Permita-se. Porque ninguém precisa de padrão, de uniformidade de humor, de constância, muito menos de foco... E você perde muito tempo se debatendo, tentando voltar pra superfície e tudo mais. Um pouco de água nos pulmões, não faz mal a ninguém. No máximo você fica chateada, quando se afoga porque alguém com quem esperava contar, adora amarrar uma âncora no seu pescoço, só porque você nada de um jeito diferente.

3 comentários:

  1. O segredo é nadar borboleta, crawl, medley... e largar esse tal de nado peito pra lá.

    :B

    ResponderExcluir
  2. eu nado tudooooo mal iauahuahauahau

    ResponderExcluir